top of page

DPOC: Como a Fisioterapia pode fazer a diferença!

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) é uma condição respiratória debilitante que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, incluindo em Portugal.



Compreender os seus sintomas e a forma como pode ser tratada é crucial para prevenir e controlar esta enfermidade. Em Portugal, a DPOC é uma das principais causas de morbidade e mortalidade. Estima-se que cerca de 14% da população adulta portuguesa sofra de DPOC, com uma prevalência ainda maior em fumadores e ex-fumadores.


Neste artigo, vamos explorar o papel crucial da fisioterapia no tratamento da DPOC, bem como outros aspetos importantes relacionados com esta doença.


Características da DPOC

A DPOC é uma condição pulmonar crónica que inclui duas principais formas: a bronquite crónica e o enfisema pulmonar.



Na bronquite crónica, os brônquios (as vias aéreas principais dos pulmões) ficam inflamados e produzem muco em excesso, enquanto no enfisema, ocorre a destruição das paredes alveolares, dificultando a respiração em ambos os casos.

Esta obstrução progressiva das vias aéreas afeta significativamente a qualidade de vida. O diagnóstico é geralmente realizado através de uma espirometria, um teste simples que avalia o fluxo de ar nos pulmões.


Fatores de Risco e Sintomas

Existem três fatores principais associados ao desenvolvimento da DPOC: tabagismo, exposição a poluentes ambientais e, em casos raros, predisposição genética. O tabagismo é a principal causa de DPOC, responsável por 80 a 90% dos casos. Os sintomas da DPOC, como a tosse crónica, a dispneia (dificuldade em respirar) e a produção de muco, podem manifestar-se gradualmente e piorar ao longo do tempo, especialmente em fumadores ou ex-fumadores.


Comorbidades e abordagens multidisciplinares

Pacientes com DPOC frequentemente apresentam comorbidades, como doenças cardíacas, diabetes e ansiedade/depressão. Portanto, uma abordagem multidisciplinar que envolva não só  Fisioterapeutas, mas também, médicos, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas, é essencial para garantir um tratamento abrangente e eficaz.


Novas Terapias e Pesquisas

Pesquisas recentes estão a investigar novas terapias para o tratamento da DPOC, incluindo medicamentos inovadores e técnicas de intervenção pulmonar minimamente invasivas. Esses avanços promissores têm o potencial de melhorar ainda mais o prognóstico e a qualidade de vida dos pacientes com DPOC.


Prevenção e Tratamento

Embora não haja cura para a DPOC, é possível prevenir e controlar a progressão da doença. A cessação do tabagismo é fundamental para reduzir o risco de desenvolver DPOC e melhorar os sintomas. O tratamento da DPOC geralmente envolve o uso de medicamentos broncodilatadores, reabilitação pulmonar, oxigenoterapia e adoção de um estilo de vida saudável, incluindo uma dieta equilibrada e exercícios físicos regulares. A Fisioterapia Respiratória desempenha um papel muito importante na manutenção desta doença e pode ser utilizada para viver com a mesma, de forma mais controlada.


Fisioterapia no Tratamento da DPOC

A Fisioterapia desempenha um papel fundamental na manutenção da DPOC. Os Fisioterapeutas especializados em saúde respiratória podem ajudar os pacientes com DPOC de várias formas. Isso inclui:


  • Exercícios Respiratórios: Os Fisioterapeutas ensinam técnicas de respiração que podem ajudar os pacientes a melhorar sua capacidade pulmonar e controlar a dispneia (dificuldade em respirar);

  • Reabilitação Pulmonar: Programas de reabilitação pulmonar, supervisionados por Fisioterapeutas, combinam exercícios físicos, educação sobre a doença e suporte psicossocial para melhorar a qualidade de vida dos pacientes com DPOC;

  • Manutenção de Secreções: Os fisioterapeutas podem utilizar técnicas como a percussão e a drenagem postural, entre outras, para ajudar os pacientes a eliminar secreções dos pulmões, facilitando a respiração e consequentemente a oxigenação dos tecidos.

  • Ensino da correta utilização da medicação: A correta utilização de broncodilatadores e outros fármacos que têm de ser inalados através de nebulizadores, é uma das tarefas mais negligenciadas pelos pacientes com DPOC, na medida em que a sua errada administração acaba por exacerbar os sintomas inerentes a esta patologia, desnecessariamente.


Conclusão

A DPOC é uma condição crónica que requer uma abordagem multifacetada para o seu tratamento eficaz. Com a consciencialização sobre os fatores de risco, sintomas e opções de tratamento disponíveis, é possível melhorar a qualidade de vida dos pacientes e reduzir o impacto desta doença debilitante. Recorrer à Fisioterapia Respiratória tem imenso impacto na qualidade de vida do paciente com DPOC, na medida em que auxilia não só na recuperação de exacerbações com mais celeridade e com diminuição de possíveis sequelas graves resultantes das mesmas, mas também, capacitar o paciente para lidar melhor com a doença.


Saiba como a Fisioterapia em Casa pode ajudar, entrando em contacto connosco!


 

Fontes:

  • Medrinal C, Bonnevie T. La kinésithérapie en per- et post-exacerbation immédiate de BPCO [Physiotherapy during and after acute exacerbation of COPD]. Rev Mal Respir. 2022 Apr;39(4):386-397. French. doi: 10.1016/j.rmr.2022.02.056. Epub 2022 Feb 24. PMID: 35221161.

  • Li Y, Ji Z, Wang Y, Li X, Xie Y. Breathing Exercises in the Treatment of COPD: An Overview of Systematic Reviews. Int J Chron Obstruct Pulmon Dis. 2022 Dec 7;17:3075-3085. doi: 10.2147/COPD.S385855. PMID: 36514332; PMCID: PMC9741817.

  • Martí JD, McWilliams D, Gimeno-Santos E. Physical Therapy and Rehabilitation in Chronic Obstructive Pulmonary Disease Patients Admitted to the Intensive Care Unit. Semin Respir Crit Care Med. 2020 Dec;41(6):886-898. doi: 10.1055/s-0040-1709139. Epub 2020 Jul 28. PMID: 32725615.

  • Ammous O, Feki W, Lotfi T, Khamis AM, Gosselink R, Rebai A, Kammoun S. Inspiratory muscle training, with or without concomitant pulmonary rehabilitation, for chronic obstructive pulmonary disease (COPD). Cochrane Database Syst Rev. 2023 Jan 6;1(1):CD013778. doi: 10.1002/14651858.CD013778.pub2. PMID: 36606682; PMCID: PMC9817429.

  • Cornelison SD, Pascual RM. Pulmonary Rehabilitation in the Management of Chronic Lung Disease. Med Clin North Am. 2019 May;103(3):577-584. doi: 10.1016/j.mcna.2018.12.015. PMID: 30955523.

  • Gregoriano C, Dieterle T, Breitenstein AL, Dürr S, Baum A, Maier S, Arnet I, Hersberger KE, Leuppi JD. Use and inhalation technique of inhaled medication in patients with asthma and COPD: data from a randomized controlled trial. Respir Res. 2018 Dec 3;19(1):237. doi: 10.1186/s12931-018-0936-3. PMID: 30509268; PMCID: PMC6276152.



0 comentário

Comments


bottom of page